Slide background
Slide background
Curso SISCOSERV realizado na cidade de Uruguaiana/RS

Foi realizado no dia 18 de junho (terça-feira), no auditório do SDAERGS, em Uruguaiana, o curso SISCOSERV – Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços. Hoje (quarta-feira), o evento foi sediado em São Borja, na Mercovia. O curso aconteceu nos períodos da manhã (08h30min às 12h00min) e tarde (13h30min às 17h30min).

A palestra foi ministrada pelo instrutor Arthur Pimentel, Vice-Presidente das Câmaras de Comércio Exterior – FCCE, Conselheiro da AEB – Associação de Comércio Exterior do Brasil e Consultor de Comércio exterior do SEBRAE. Os conteúdos abordados foram: "Conceitos do Comércio Internacional de Serviços; Normas; NBS – Nomenclatura Brasileira de Serviços; o SISCOSERV; módulo aquisição e módulo venda".

Arthur Pimentel tratou de definir o que é o SISCOSERV. Em suas palavras, "O SISCOSERV é um grande banco de dados, cuja inserção por parte da iniciativa privada ou órgãos governamentais, sejam da esfera federal, estadual ou municipal, que tenha relacionamento com ente domiciliado no exterior. Tratando-se de compra ou venda de serviços, há a obrigação de fazer o registro no SISCOSERV, obedecendo aos prazos legais previstos no cronograma oficial".

O palestrante falou sobre a importância do SISCOCERV para as empresas: "o SISCOCERV é um sistema novo, que foi implantado em agosto de 2012, pelo governo federal. Já era uma demanda muito antiga da sociedade brasileira. O Brasil, até hoje, vinha sofrendo da falta de informações de serviços. Entendemos muito de mercadorias, de bens, há o SISCOMEX, fluxo contínuo de informações, que poucos países no mundo já têm, e a comunidade de comércio exterior sentia muita falta desta parte de serviços". Segundo Pimentel, "hoje, no mundo, é o serviço que gera a mercadoria. Primeiro acontece um contrato de serviço, para depois vir a mercadoria. Então, o governo com muito esforço, através da Secretaria de Comércio e Serviços, com a ajuda da Receita Federal, colocou no ar um sistema que, sabemos, ainda vai requerer muita alteração, ajustes, pela própria abrangência do trabalho".

Ainda segundo o palestrante, "o sistema chegou tardiamente, e nós sentimos a falta de um regras correlatas, um sistema de treinamento. Só existe sistema de produção. Isto é uma demanda da sociedade. Quanto aos prazos, o governo reagiu com muita inteligência, atendendo às necessidades de dilação de prazo, até para que a sociedade venha a se adaptar ao sistema".

Rua General Bento Martins, 2350
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97501-546
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

face twitter in

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004