Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Nossas Origens

Com a principal finalidade de defender os interesses das empresas brasileiras de transporte, em 20 de setembro de 1973, na cidade do Rio de Janeiro, reuniram-se a Transportadora Coral (Rio de Janeiro – RJ); Transportadora Fink (Rio de Janeiro – RJ); Transportadora Aurora (Caxias do Sul – RS); Expresso Mercúrio (Santa Maria – RS); Transportadora Primorosa (Canoas – RS); Transpesca (Xaxim – PR); Trans-Pluma (Lages – SC) e Benito Jorge Lagunas (São Paulo – SP) para a constituição de uma Associação de Classe com o objetivo de congregar os transportadores que operavam no ramo em qualquer uma de suas modalidades, sob o comando do seu primeiro Presidente, o Sr. Bernardo C. Weinert. Assim nasceu a Associação Brasileira de Transportadores Internacionais, A.B.T.I., uma entidade focada e especializada na defesa do Transporte Rodoviário Internacional, uma associação que representa o setor junto aos órgãos de governo nacional e internacional, uma organização preocupada com políticas operacionais desde o seu surgimento.

E assim, como os Acordos dos países do Cone Sul foram acontecendo e o Mercosul foi surgindo, a instituição foi evoluindo, acompanhando os processos de integração e especializando-se. Mudou-se para São Paulo, a megacidade da América do Sul, coração econômico do Brasil, alavanca comercial do Mercosul. E, após duas décadas da constituição, a ABTI presenciou a inauguração da EAF – Estação Aduaneira de Fronteira em Uruguaiana, cidade que tornou-se referência no transporte rodoviário internacional de cargas. E por considerá-la um ponto estratégico, a pedido do então Diretor Administrativo Sr. José Schwanck, em 1996, decidiram converter a Delegacia Regional em Sede matriz da entidade.

Não bastava acompanhar, a ABTI tinha que participar. É nas fronteiras que os gargalos surgem, e é em cada uma delas que se faz presente. Assim, a entidade foi ganhando um novo conceito, novos desafios transformaram-se em novas conquistas. Converteu-se a definição de associativismo na prática de reunião de esforços para reivindicar e defender os interesses de seus associados, desenvolver serviços e participar do desenvolvimento do setor, a fim de evitar práticas ou ações que comprometeriam a viabilidade do segmento. Com uma trajetória de mais de 40 anos, a ABTI orgulha-se pelo espaço conquistado, graças ao importante trabalho e grande dedicação de todos aqueles que fizeram e fazem parte desta história. Muito obrigado!

R. dos Andradas, 1995 - Santo Antônio
Uruguaiana - RS - Brasil
Cep: 97502-360
abti@abti.org.br

logoBoto

Siga-nos

1.png 2.png 3.png 4.png 

+55 55 3413.2828
+55 55 3413.1792
+55 55 3413.2258
+55 55 3413.2004